Procuradora fala sobre projeto de terceirização nesta terça (28) ao vivo no Twitter

A procuradora do Trabalho Vanessa Patriota participa de transmissão ao vivo pelo Twitter nesta terça-feira (28), às 11h, direto do Recife. Ela vai falar sobre os prejuízos da nova lei de terceirização para os trabalhadores brasileiros. Vanessa é vice-coordenadora nacional da Coordenadoria de Combate às Fraudes nas Relações de Trabalho do Ministério Público do Trabalho (MPT). Para participar, siga e acompanhe o perfil institucional do MPT em Pernambuco (www.twitter.com/mpt_pernambuco).

Membros do MPT criticam aprovação de projeto da terceirização e pedem veto presidencial

A Associação Nacional dos Procuradores do Trabalho (ANPT) divulgou nesta quinta-feira, 23/03, nota pública onde manifesta sua posição oficial sobre os efeitos que o  Projeto de Lei (PL) 4.302/1998, aprovado ontem pela Câmara dos Deputados e que libera a terceirização para todas as atividades das empresas, sem quaisquer garantias para os trabalhadores, trará ao país e às relações de trabalho no Brasil, caso venha a ser sancionado pelo presidente da República, Michel Temer.  Confira a íntegra da nota.

Membros do MPT criticam aprovação de projeto da terceirização e pedem veto presidencial

A Associação Nacional dos Procuradores do Trabalho (ANPT) divulgou nesta quinta-feira, 23/03, nota pública onde manifesta sua posição oficial sobre os efeitos que o  Projeto de Lei (PL) 4.302/1998, aprovado ontem pela Câmara dos Deputados e que libera a terceirização para todas as atividades das empresas, sem quaisquer garantias para os trabalhadores, trará ao país e às relações de trabalho no Brasil, caso venha a ser sancionado pelo presidente da República, Michel Temer.  Confira a íntegra da nota.

MPT participa de reunião com rede de proteção à criança do litoral sul de Pernambuco

Nesta quarta-feira (22), o Ministério Público do Trabalho (MPT) participa de reunião com o Ministério do Trabalho e a rede de proteção à criança dos municípios do litoral sul pernambucano. O objetivo é discutir políticas de enfrentamento, erradicação e prevenção do trabalho precoce. Há registro, por parte da fiscalização, de crianças e adolescentes fora da escola, trabalhando, sobretudo, nas prais. O encontro tem início às 8h, no Instituto Padre Enzo, em Tamandaré.