MPT recebe visita de cortesia dos novos dirigentes do TRT-PE

O procurador-chefe do Ministério Público do Trabalho (MPT), José Laízio Pinto Júnior recebeu, na manhã desta segunda-feira (19), os futuros dirigentes do Tribunal Regional do Trabalho da 6ª Região (TRT-PE) para o biênio 2015-2017. Também participaram do encontro o procurador-chefe substituto do MPT, Pedro Luiz Gonçalves Serafim da Silva, e os procuradores do Trabalho Melícia Mesel e Leonardo Osório Mendonça.

Inscrições abertas para o Prêmio MPT de Jornalismo 2015

As inscrições para a edição de 2015 do Prêmio MPT de Jornalismo estão abertas. As novidades deste ano são novas regras e prêmios maiores em oito categorias: jornal impresso, revista impressa, radiojornalismo, telejornalismo, webjornalismo, fotojornalismo, universitário e repórter cinematográfico, além das categorias especiais fraudes trabalhistas e prêmio especial MPT de jornalismo. Reportagens publicadas em veículos de comunicação de todo o país entre 1º de agosto de 2014 e 1º de maio de 2015 (último dia de inscrições) poderão concorrer.

Prefeitura não concilia com MPT em ação contra o trabalho infantil

Respondendo ação civil pública (ACP) desde janeiro de 2013 devido à escassez de políticas públicas de combate ao trabalho infantil, a Prefeitura da Cidade do Recife (PCR) manifestou ao Ministério Público do Trabalho (MPT), terça-feira (16), falta de interesse em firmar acordo. Para o mesmo dia, estava marcada audiência administrativa em tentativa de conciliação, porém o representante do município responsável pela ação comunicou ao procurador do Trabalho Rogério Sitônio Wanderley que a PCR não compareceria nem pretenderia assinar acordo.

Trabalhadores de ex-terceirizada da Sefaz receberão pagamento parcial de dívidas trabalhistas

Em véspera de festividades, cerca de 300 ex-empregados da empresa Simplestec Informática Ltda. receberão R$ 1.736,00 cada. O valor de aproximadamente R$ 570 mil, a ser dividido igualmente entre os trabalhadores, encontra-se bloqueado junto à Caixa Econômica Federal em razão de decisão judicial para o pagamento de verbas rescisórias e salários atrasados. Em resposta a requerimento do Ministério Público do Trabalho (MPT), representado pela procuradora Lívia Arruda, a Justiça trabalhista autorizou o rateio e a liberação do dinheiro.